publicidade

Pesquisa - Página inicial - Fale conosco - Anuncie

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Tipos de cidades ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Cidades Históricas - Ecoturismo - Estâncias Climáticas - Estâncias Hidrominerais - Ilhas - Praias - Regiões Serranas - Religiões e Crenças - Represas - Turismo Rural

                

  

Dizer que o Rio Araguaia é uma paixão dos goianos, não é exagero. Mas, vai muito além disso. O rio é também motivo de orgulho. É um dos principais cartões-postais do Estado e representa um importante conjunto ecológico preservado e explorado com racionalidade.

Em seus mais de 2 mil quilômetros de margens, milhares de turistas disputam espaços privilegiados nas enormes praias de areia branca e fina. O pôr-do-sol no Araguaia é inesquecível. E isto é apenas uma das dezenas de opções para quem quer desfrutar de tudo o que a natureza reservou nesta região.

 

Seis, dentre as muitas regiões, que ficam às margens do rio são as mais procuradas pelos turistas: Aragarças, Britânia, São Miguel do Araguaia, Luiz Alves, Itacaiú e Bandeirantes. Mas, o portão principal de chegada ao Araguaia é a Cidade de Aruanã.

 
Gente de todos os lugares ocupam os espaços de acampamento na alta temporada, que começa em julho e segue até setembro. Às margens do Rio Araguaia, são montados centenas de acampamentos, dos tradicionais aos luxuosos, servidos de todo tipo de conforto (chuveiro quente, antenas parabólicas, heliporto, sonorização a laser) para receber turistas do Brasil e até do exterior.
 

 

Passeios ecológicos

Safáris por um longo percurso do rio, feitos em canoas a remo, organizados pelo Grupo Nativa. O passeio percorre matas e lagos e dá, à viagem, um ritmo fascinante.

Pescaria

Não é permitida em três regiões ao longo do rio: no Remansão, Lago do Fuzil e Lago Jurumirim, por serem tabuleiros de desova da tartaruga da Amazônia Projeto Quelônios. O turista deverá tirar uma licença de pesca amadora. Só é permitida a pesca com caniço, linha de mão ou molinetes e não pode ser feita sobre cardumes.
Antes de viajar, verifique quais são as restrições e os documentos necessários para a prática da pesca.

Passeios de barco

Podem ser realizados ao longo do Araguaia, do nascer ao pôr-do-sol. Alguns cuidados, porém, devem ser observados: usar colete salva-vidas, não abusar na quantidade de pessoas nos barcos e evitar, também, os bancos de areia.
Licenças: todas as embarcações são obrigadas, por lei, a se inscreverem na Capitania dos Portos, que estará às margens do Rio Araguaia, em Arunã, Aragarças e Luiz Alves. Para obter as licenças, são necessários os seguintes documentos: nota fiscal ou recibo de compra e venda das embarcações.

   

O que levar? 

A prática do camping é uma experiência incrível para quem gosta de curtir a natureza. Contudo, acampar requer determinadas precauções para que não haja imprevistos. O ideal é fazer uma lista de todos os equipamentos necessários.

  

Levar somente a barraca não é suficiente. Ferramentas e o kit de primeiros socorros são mais do que necessários para qualquer eventualidade. Colchonetes, lampião, cadeiras, pratos, copos, talheres, material de limpeza (detergente, sabão, esponja e palha de aço) são imprescindíveis. Não esqueça de levar os espetos, grelha e o carvão. O álcool e fósforo pouparão muito esforço na hora de acender o fogo. Um fogão a gás é ideal para uma refeição rápida e saborosa.

  

Há quem reclame dos insetos, que podem ser isolados com uma espiral e repelente. Agora, o mais importante: seu kit de pesca. Verifique o estado de suas varas, carretilhas, chumbadas, anzóis e linhas.
Obviamente, cada um tem as suas preferências e o seu método de acampar. Para os mais inexperientes ou impacientes dica uma dica. Já existem empresas e associações especializadas que montam os acampamentos para turistas. De qualquer forma, a intenção é curtir com tranqüilidade o seu passeio e apreciar a natureza divina do Araguaia.

 

E o que fazer com o lixo?

O lixo deve ser enterrado em terra firme, nos barrancos, em valas, numa distância mínima de 20 metros da margem do rio. Se houver postos de coleta na região do acampamento, o lixo orgânico (restos de alimentos) deve ser separado do inorgânico (latas, vidros, plásticos, papéis). 

  

O primeiro, deve ser enterrado na parte alta da praia, entremeado com camadas de areia. O inorgânico deve ser acondicionado em sacos e depositado em postos de coleta.

  

A legislação ambiental proíbe a utilização, perseguição, destruição, caça ou apanha de qualquer animal que componha a fauna silvestre. Em Goiás, a caça é crime inafiançável e a pesca profissional é proibida.

Fonte: AGETUR - Agência de Turismo do Estado de Goiás

 

   

Voltar

Pesquisar destino!

 

Pesquisa - Página inicial - Fale conosco - Anuncie

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Atalhos :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Feriadão.com (c) 2018 - todos os direitos reservados :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Nome da cidade

pesquisa completa!

Desenvolvimento: